• A projeção do poder de polícia das forças armadas nas áreas adjacentes aos aquartelamentos

A Projeção do Poder de Polícia das Forças Armadas nas Áreas Adjacentes aos Aquartelamentos teve por embrião o trabalho de conclusão de curso de pósgraduação em Direito Militar, realizado na PUC/RS em 2008. Partindo daquela pesquisa, o objetivo geral deste estudo foi identificar os limites da projeção do poder de polícia das instituições militares nas áreas lindeiras aos seus quartéis e analisar, sob o prisma jurídico, a coexistência harmônica do exercício dessa função estatal com a rotina da população local. Passada mais de uma década, o assunto ainda continua a instigar discussões administrativas e judiciais e, por conseguinte, ainda traz inseguranças jurídicas à administração castrense. No intuito de unificar a interpretação, a Consultoria Jurídica Adjunta ao Ministério da Defesa, em julho de 2019, expediu o Parecer 484/2019/CONJURMD/CGU/AGU. A temática da servidão militar e da sua, consequente, incidência, bem como dos limites do poder de polícia nos espaços que margeiam as fortificações militares ainda encontramse em plena evolução jurisprudencial e doutrinária, no entanto, tal fato não exime o agente público do seu poder/dever de agir em consonância com o ordenamento vigente. É com a percepção, nesse viés, de equilíbrio entre as tensões locais, que se debruçou o presente ensaio.

Código: L999-9786555782851
Código de barras: 9786555782851
Peso (kg): 0,210
Altura (cm): 23,00
Largura (cm): 16,00
Espessura (cm): 1,80
Autor Cirelene Maria da Silva Rondon de Assis
Editora CRV
Idioma PORTUGUES
Encadernação BROCHURA
Páginas 94
Ano de edição 2020

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

A projeção do poder de polícia das forças armadas nas áreas adjacentes aos aquartelamentos