• Canto quase coro Sambaquiano

Francisco conta um episódio da infância vivida em Araquari, SC, sobre a posse de uma ossada de um sambaqui, uma espivetada travessura de conotação profanadora da sacrarqueologia. Mas a intensidade da transmissão do episódio soa como uma filogenia poética afetiva que só os voos da fantasia infantil propiciam aos adultos, no desfrute das lembranças.

A algaravia que as referências a pássaros, peixes, plantas e árvores produz naquele que lê, a sensação de que o voo é em bando, e que a prosódia tem a regência do maestro Spinoza, na sua elegia que deifica a natureza. Não como algo abstrato e intocável; pelo contrário, natureza existida, introjetada, como só no interior se experiencia. A natureza quase, franciscanamente, consagrada!

A causa desta obra é a homenagem que Francisco gostaria de prestar às suas origens, à mãe e à cidade. O gesto bom-belo materializou-se neste presente para todos.

Sueli do Rocio Silva

Código: L999-9786580103539
Código de barras: 9786580103539
Peso (kg): 0,100
Altura (cm): 21,00
Largura (cm): 14,00
Espessura (cm): 1,00
Autor Duarte C.
Editora Kotter Editorial
Idioma PORTUGUES
Encadernação BROCHURA
Páginas 69
Ano de edição 2019

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Canto quase coro Sambaquiano