• Das duas, uma

“Começar uma história é difícil, pois é incerto definir o verdadeiro início de um fato. Para minimizar o erro, escolhi introduzir a narrativa durante o tempo que eu ainda era um feto. Estava predestinada me chamar Ana, minha mãe desejava que eu fosse simples como um palíndromo. Porém no dia do parto eu estava ao contrário, ela julgou que isso era sinal de complexidade. Optou por adicionar a intensidade do mar ao nome, me chamou de Mariana.” A narrativa ganha forma com essa escolha materna que a afasta da lógica fácil de ser um palíndromo. Mariana cresce questionadora, usa o coração como bússola, é vivaz e impulsiva. Em tempos de tensão justifica-se que se tivesse sido Ana, provavelmente estaria melhor. Sem definir se culpa os pais pela educação direcionada ou a sua própria natureza, sente-se desconfortável com os caminhos tortuosos. Porém em uma de suas crises brota uma nova realidade e ela terá que rever todas as suas certezas na busca de quem realmente é.

Código: L999-9789895241736
Código de barras: 9789895241736
Peso (kg): 0,100
Altura (cm): 22,00
Largura (cm): 14,00
Espessura (cm): 1,00
Autor Coutinho Gigi
Editora Chiado Books
Idioma PORTUGUES
Encadernação BROCHURA
Páginas 162
Ano de edição 2019

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Das duas, uma