• Dionísio pelos trilhos do trem

Este livro discute o trânsito da teatralidade circense da França ao interior do Brasil, tomando como referência a configuração do espetáculo circense moderno e a presença do teatro no Cirque Olympique entre os anos de 1807 e 1836. O teatro é tratado, portanto, como um dos elementos da pluralidade do circo que chegou ao Brasil no século XIX. Para o entendimento desta circulação, faz-se uma caracterização do sistema de transportes no país, com foco no debate sobre as estradas de ferro para apontar os impactos culturais da Bahia and São Francisco Railway e da Estrada de Ferro São Francisco no interior do estado da Bahia, na primeira metade do século XX. E, ainda, uma análise da vida cultural na “rede de cidades” baianas beneficiadas pelas ferrovias, especialmente as cidades de Alagoinhas, Serrinha, Senhor do Bonfim e Juazeiro. Como exemplo desta circulação, discute-se o melodrama francês Les deux sergents, de D’Aubigny, cuja estreia da primeira montagem aconteceu no Théâtre de la Porte Saint-Martin em 1823. Traduzido para a língua portuguesa, foi montado por circos e companhias teatrais em várias cidades brasileiras, entre elas aquelas abarcadas por este estudo, caracterizando um triunfo da dramaturgia melodramática francesa no Brasil, pois foi apresentado no decorrer de mais de um século. O trabalho é resultado de uma investigação bibliográfica em obras brasileiras e francesas sobre as relações entre circo e teatro nos séculos XVIII, XIX e XX, bem como de uma pesquisa documental de fontes encontradas em arquivos da França e do Brasil.

Código: L999-9788544422847
Código de barras: 9788544422847
Peso (kg): 0,500
Altura (cm): 23,00
Largura (cm): 16,00
Espessura (cm): 1,90
Autor Reginaldo Carvalho da Silva
Editora CRV
Idioma PORTUGUES
Encadernação BROCHURA
Páginas 306

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Dionísio pelos trilhos do trem