• Esculpir em argila

A imagem do "esculpir em Argila" como modo de enfrentamento do absurdo, usada por Camus, serve de motto para Gabriel Ferreira da Silva apontar a resposta de Camus ao niilismo do absurdo e de sua falsa solução, o suicídio, tal como é abordado em O Mito de Sísifo. A passagem do "mito" à "revolta" de O Homem Revoltado indica a rota de sua ética da paixão. Esse ato estético de "esculpir", numa matéria finita e frágil, o sentido possível (estabelecendo a estética no coração da vida ética) enlaça "paixão" e uma certa concepção de natureza humana, concepção esta que se constitui como um ato do cuidado com a "paixão". O cuidado estético com a agonia da busca de sentido é, em Camus, um valor, valor último e possível para um homem que arrasta, ao longo da vida, seu cadáver nas costas. Enfrentamos esse cadáver "afirmando nossa revolta" contra o silêncio do mundo.

Código: L055-9788528304657
Código de barras: 9788528304657
Peso (kg): 0,240
Altura (cm): 23,00
Largura (cm): 16,00
Espessura (cm): 0,74
Autor Silva da
Editora EDUC - Editora da PUCSP
Idioma PORTUGUES
Encadernação BROCHURA
Páginas 142
Ano de edição 2014

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Esculpir em argila

  • R$40,00