• Transformação produtiva na Amazônia

Partindo de duas hipóteses: primeira que a biodiversidade florestal original da Amazônia, apesar de não possuir maior viabilidade no curto prazo, adquire maior competitividade no médio e longo prazo, que toda alternativa de ocupação social e produtiva da região, que pressuponha sua substituição por cultivos, quer sejam de grãos ou de forrageiras para pecuária extensiva; e segunda, que essa maior competitividade somente será alcançada por meio de um esforço conjunto dos agentes econômicos, privados e estatais, que atuam na região, o livro pretende contribuir para aceitação dessas hipóteses apresentando resultados oriundos de um amplo levantamento de literatura sobre a importância da biodiversidade florestal para a história econômica da Amazônia, destacando, ao final, um conjunto de produtos oriundos da biodiversidade que poderiam criar e manter competitividade hoje. Todavia, para chegar nessa parte, diga-se propositiva para orientar o processo de ocupação produtiva da Amazônia, os autores adentram em uma discussão peculiar e única acerca da visão de fundo, que tem subsidiado a tomada de decisão em política pública. A conclusão é que enquanto perdurar uma visão simplificadora no planejamento da ocupação, que desconsidera a complexidade do ecossistema florestal, a transformação produtiva em direção a sustentabilidade não vai acontecer. Compuscando os princípios do método da complexidade, concebido por Edgar Morim, se estabelece um importante referencial para consubstanciar a guinada para o aproveitamento econômico da biodiversidade florestal. Para facilitar o trabalho do leitor o livro está organizado em 7 capítulos, iniciando com uma análise inovadora do processo de colonização da região, passando pela emergência de uma transformação profunda do modelo atual de ocupação produtiva, que parte do equivocado pressuposto de que a biodiversidade florestal deve ser domesticada para conseguir gerar riqueza para os amazônidas e que impregnou um conjunto de políticas públicas, responsáveis pelos alarmantes índices de degradação ecológica observados em 2021, chegando a uma discussão detalhada acerca de uma possível saída por meio do uso sustentável da biodiversidade florestal da Amazônia. Claro que o livro chega ao final carregando, como dizem os produtores, uma ruma de polêmicas, mas para os leitores que desejam sair do lugar comum e olhar a Amazônia por um novo viés, será, no mínimo, uma leitura surpreendente.

Código: L999-9789893726259
Código de barras: 9789893726259
Peso (kg): 0,320
Altura (cm): 22,00
Largura (cm): 14,00
Espessura (cm): 3,20
Autor Ecio Rodrigues Aurisa Paiva
Editora Lisbon Press
Idioma PORTUGUES
Encadernação BROCHURA
Páginas 320
Ano de edição 2022

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Transformação produtiva na Amazônia

  • R$63,90