• O anjo de estuque

Jean Baudrillard tem o estilo Baudrillard. Pensador magnífico, entre sociólogo, filósofo e tudo mais, brilha também como escritor, despejando mísseis literários sinuosos com suas duas armas fatais: a ironia e o paradoxo. Como todo paroxisista indiferente e talentoso também é fotógrafo onde vê o mundo com lente provocadora e poética. O leitor é convidado a entrar no plasmado da imagem, no inconfundível estilo Baudrillard: a ironia e o paradoxo. O estilo é a sua impressão digital e virtual. Um DNA intelectual. Cristina Lacerda e Adalgisa Campos da Silva traduziram os seus poemas de “O anjo de estuque”. Trabalho impecável que conserva nada mais nada menos que o estilo Baudrillard. Pois, nessa poesia genialmente cotidiana, há uma marca: o estilo Baudrillard, ou a ironia e o paradoxo sob a forma de formas do dia-a-dia. Daí foi um passo para que a Sulina propusesse mesclar fotos e poemas de Jean Baudrillard num só livro. O resultado é um mágico jogo especular em que imagens e palavras ecoam e refletem-se numa infinidade de sentidos, de fragmentos e de perplexidade. Jean Baudrillard revela-se aqui um poeta da imagem e um fotógrafo da palavra. A gente começa a ver o mundo como se tivesse um buraco na nuca. A vida pelo avesso.Confira a fanpage da Editora Sulina

Código: L999-9788520503904
Código de barras: 9788520503904
Peso (kg): 0,170
Altura (cm): 15,00
Largura (cm): 20,00
Espessura (cm): 0,50
Autor Jean Baudrillard
Editora Editora Sulina
Idioma PORTUGUES
Encadernação BROCHURA
Páginas 77

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

O anjo de estuque