• O mundo nos cabia

“É um romance que opera transfigurações oníricas da realidade com surpreendente força, poderia se enquadrar em uma releitura do ‘realismo fantástico’ mas segue em direções mais machadianas e rosianas. Neste livro as imagens estão poeticamente entrelaçadas ao enredo e tudo do nome das personagens até seus discursos e diálogos possui um duplo sentido que futuras releituras certamente irão revelar. Concilia metáfora e humor de um modo equilibrado e insurgente”

Marcelo Ariel



—?Isso não é jogo de criança, homem.?Não demora e essa fábrica?volta a funcionar, mas?no perigo de?ser?dentro deles!?Os meninos?não carecem disso, eles?precisam?é?de chão!?De?se esparramarem?no quintal, se correrem e?se sujarem!…??

Manoel não?importou-se?com as turras?da mulher, seguiu?empolgado?vendo?os filhos treinarem suas ocupações,?na?tecitura do?futuro.??

–?Isso é lindo, mulher, veja eles! Todos se cabem aqui,?esse é o melhor lugar pra se brincarem de gente,?pra se inventarem?do que são. A Esperança é nosso quintal…??

Temerinda?calou-se, com o pensamento?à?prova de dúvida.?Sensibilizou-se?com o olhar do marido a?transver?escombros,?com?as crianças?dialogando?com o vazio,?negociando com?ninguém.?Os filhos?exerciam seus?papéis?com afinco, vontade que aos poucos foram emprestando aos olhos da mãe.?Temerinda?começou a?caminhar?pelos cômodos?desocupados?da?velha?fábrica, e?inesperadamente?foi?surpreendida por?funcionários carregando bandeja de café,?pastas?e?amostras de panos.?Ouviu o ruído?de máquinas de?escrever?no fim do corredor,?onde encontrou?duas secretárias fazendo?pedidos,?preenchendo notas.?Elas sorriram para?Temerinda,?bom dia,?que não quis?interromper o que faziam,?e seguiu a perscrutar outros ambientes.?O?forte?som das máquinas?trabalhando no galpão,?fez-se?mais presente. Ela?espiou pela janela e viu?dezenas?de pessoas?agitadas?em suas funções.?Chegou à?última grande sala,?onde guardavam amostras da produção, e pôde?conferir?os?tecidos?mais?delicados, ricamente desenhados.?Emprestou um pedaço de pano,?enlaçou-o no pescoço?como um chale e?foi?até?o marido.?Manoel?ficou surpreso?com?a?mulher?envolta?em?seu tecido preferido.??

—?Pra?essa estampa, eu?dei o nome de?Utopia.?

[…]

Outono 2021

ISBN: 978-65-89624-22-6

240 pág

Código: L999-9786589624226
Código de barras: 9786589624226
Peso (kg): 0,100
Altura (cm): 23,00
Largura (cm): 16,00
Espessura (cm): 2,00
Autor Minas Alan
Editora Kotter Editorial
Idioma PORTUGUES
Encadernação BROCHURA
Páginas 240
Ano de edição 2021

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

O mundo nos cabia