• O retrato da dama - Contos

Gustave Flaubert foi preso e julgado por ofensa à moral e à religião quando criou o personagem Emma Bovary. Esse faz-de-conta politicamente correto passou-se em 1857. Conheci Adriano Macedo em 2001, e, ao que sei, nunca foi preso e, muito menos, julgado por ofensa à moral e à religião ao criar um personagem. Então o que tem a ver Gustave Flaubert com Adriano Macedo? Pouco, apenas um detalhe, mas importantíssimo na criação literária: a procura incessante e, por vezes, até desesperada da palavra certa, no lugar certo e com o significado certo. O retrato da dama é o primeiro livro que Adriano Macedo publica, o que mostra ser ele um escritor iniciante. E é verdade. Matematicamente, Adriano Macedo é um escritor iniciante. Mas só matematicamente. Nas dez estórias de O retrato da dama, o que se constata é o total amadurecimento do texto, a absoluta concisão do estilo, o perfeito domínio da arte de narrar. Adriano Macedo é um escritor que sabe trabalhar com a palavra, pois tem consciência de que ela é o seu instrumento de trabalho e criação. Como qualquer leitor sabe que não são muitos os escritores que se podem gabar disso, é, justamente, essa consciência que faz da leitura de O retrato da dama um verdadeiro prazer. Mas o fato de eu o dizer significa, apenas, que eu o digo. E o importante, leitor, é que você o comprove por si mesmo.Cunha de Leiradella

Código: L999-9788575263341
Código de barras: 9788575263341
Peso (kg): 0,286
Altura (cm): 21,00
Largura (cm): 14,00
Espessura (cm): 0,50
Autor Adriano Macedo
Editora Autêntica
Idioma PORTUGUES
Encadernação BROCHURA
Páginas 96
Ano de edição 2008

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

O retrato da dama - Contos

  • R$44,90


Opções de Compra

R$10,00

Vendido e entregue por Leitura - MG/Contagem - Itaú Power Shopping

R$44,90

Vendido e entregue por Leitura - SP/São Paulo - Ibirapuera

R$44,90

Vendido e entregue por Leitura - MG/BH - Shopping Delrey