• Percepção ambiental

O foco da análise deste trabalho está na abordagem do assunto sob a linha de pesquisa conhecida como Ecologia Cultural, com colaborações conteudistas das vertentes neo-marxista e escola-novista, através da técnica da História Oral. Para tal análise, utilizou-se como estudo de caso parte da população tradicional de caiçaras da cidade de Ubatuba, Litoral Norte de São Paulo, sua relação com o meio na década de 1960, e esta mesma relação na primeira década do século XXI. Tal delimitação se justifica pelas transformações ambientais, tanto no ambiente natural como no ambiente construído, ocorridas na cidade, e que provocaram transformações no cotidiano destes caiçaras e influenciaram sua dinâmica cultural. Defende-se o Envolvimento com o meio como algo intrínseco a qualquer ser vivo, e a degradação deste meio como a antítese deste processo, que por sua vez tem como síntese o desenvolvimento de tais seres vivos, dentre os quais o homem. Tal análise pode contribuir para a valorização do meio ambiente por parte das comunidades locais, especificamente as comunidades caiçaras autóctones, além de contribuir também para a revisão da valorização das práticas culturais, percebendo-as como processos sociais dinâmicos e não estáticos, portanto como processos históricos.

Código: L999-9788580420203
Código de barras: 9788580420203
Peso (kg): 0,328
Altura (cm): 21,00
Largura (cm): 15,00
Espessura (cm): 0,70
Autor Joice Fernandes
Editora CRV
Idioma PORTUGUES
Encadernação BROCHURA
Páginas 114

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Percepção ambiental