• Robert Johnson: pacto de amor à música

Sem ele, não teríamos o rock‘n’roll que conhecemos. Sem ele, não acessaríamos aquele lugar especial para o qual a música leva nossos espíritos quando ouvimos as notas vigorosas de uma grande canção. Chegou a hora de conhecer as encruzilhadas na trajetória de vida do lendário Robert Johnson, compositor, cantor e violonista que se tornou um dos maiores músicos de blues da história e uma influência notória em gerações de artistas. Uma vida cercada de mistérios desde seu incerto nascimento, entre 1909 e 1911, na pacata cidade de Hazlehurst, no Mississippi. O jovem Johnson sempre foi considerado por todos como um músico mediano até seu estranho desaparecimento da cena artística, e um retorno ainda mais controverso após um ano e meio com habilidades incríveis no violão, deixando seus mentores de queixo caído e atingindo a grandeza com músicas que se tornaram hinos do blues. A lenda diz que seu talento repentino foi conquistado em um pacto com o Diabo, selado em uma noite de lua nova em um cruzamento ermo na cidade de Clarksdale, e que, com o tempo, se tornou patrimônio histórico americano. Foi nesse cenário repleto de poeira e sem testemunhas que ele teria oferecido seu violão ao Tinhoso, que o afinou e devolveu ao músico, agora em posse de um instrumento que o faria alcançar a grandeza que sempre sonhou. De “Crossroads Blues” a “Love in Vain”, de “Hellhound on My Trail” a “Come On In My Kitchen”, Robert Johnson escreveu algumas das canções mais duradouras e formativas da era original do blues, canções que ajudaram a moldar o nascimento do rock’n’roll na década de 1960. Amado por Clapton, Dylan e os Stones, Robert Johnson continua sendo uma das figuras mais icônicas e mitificadas da música popular — e a primeira de muitas a morrer aos 27 anos. Explorando as histórias e lendas que cercam sua vida e morte — sua infância, seu perfil mulherengo, o pacto com o diabo na encruzilhada — a graphic novel Robert Johnson: Pacto de Amor à Música investiga sua alma atormentada e existência sulfurosa. Nas entrelinhas deste retrato de Robert Johnson, a graphic novel é também uma crônica comovente do cotidiano dos negros no Mississippi segregacionista na década de 1930 e os contornos preconceituosos que assombraram o sucesso do músico. Esta graphic novel poderosa é fruto do pacto realizado entre a Macabra Filmes e a DarkSide Books e traz luz à história de vida e morte de um artista singular. Os quadrinistas J.M. Dupont e Mezzo homenageiam suas lendas e seu legado em uma obra digna de ser apreciada ao som envolvente daquele que realizou um verdadeiro pacto de amor à música. A Colheita Macabra na DarkSide Books A Macabra Filmes e a DarkSide® Books selaram um pacto eterno e inauguraram, no início de 2020, o selo Macabra para apresentar livros e quadrinhos transgressores ao público brasileiro. Casa de obras como o clássico perturbador A Garota da Casa ao Lado e a icônica coleção Livros de Sangue, de Clive Barker, a Macabra apresenta ao público uma colheita sobrenatural: Robert Johnson: Pacto de Amor à Música, a história de vida e morte de uma das maiores lendas do blues; Advogado do Diabo, clássico diabólico de Andrew Neiderman; Pactos, um livro de contos clássicos que vai selar o destino da sua alma. A fazenda está pronta para uma nova temporada com seus leitores macabros.

Código: L999-9786555981988
Código de barras: 9786555981988
Peso (kg): 0,500
Altura (cm): 17,00
Largura (cm): 26,00
Espessura (cm): 2,00
Autor Dupont J.M.
Editora DarkSide Books
Idioma PORTUGUES
Encadernação CAPA DURA
Páginas 80
Ano de edição 2022

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.
38% off

Robert Johnson: pacto de amor à música

  • R$69,90
  • R$43,56


Opções de Compra