• A História portuguesa na narrativa oitocentista de Herculano ao fin-de-siècle

A ficção histórica foi, provavelmente, o subgênero literário mais consumido no mundo ocidental durante o Oitocentos, basta nos lembrarmos dos sucessos de Walter Scott e Alexandre Dumas. Em Portugal, o grande responsável por trazer esse subgênero narrativo ao país e estabelecer os seus paradigmas é, inquestionavelmente, Alexandre Herculano. Ao longo do século XIX, vários autores de língua portuguesa também escreverão romances históricos, não apenas escritores até hoje consagrados, mas também aqueles que acabaram desaparecendo do cânone literário, porém, que merecem ser redescobertos. No fim do Oitocentos, até mesmo Eça de Queirós, com seu olhar crítico sobre a sociedade da época, escreveu obras nas quais a História portuguesa aparece como alvo de questionamento. Dada a necessidade de constante revisitação do tema, tanto no caso de autores consagrados, como no de escritores hoje esquecidos pela historiografia literária, esta coletânea propõe-se a tratar da representação de Portugal e sua História na literatura do Oitocentos.

Código: L999-9786586280357
Código de barras: 9786586280357
Peso (kg): 1,200
Altura (cm): 21,00
Largura (cm): 14,00
Espessura (cm): 4,00
Editora Oficina Raquel
Idioma PORTUGUES
Encadernação BROCHURA
Páginas 451
Ano de edição 2021

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

A História portuguesa na narrativa oitocentista de Herculano ao fin-de-siècle

  • BROCHURA

  • Oficina Raquel

  • Vendido e entregue por leitura.com
  • Estoque: Indisponível