• Kierkegaard

A subjetividade é a verdade. Com esta frase Søren Kierkegaard (1813-1855) afirma que o que existe realmente não é o conceito de indivíduo, e sim o Indivíduo concreto, vivendo aqui e agora, decidindo sua própria existência. Indivíduo que é liberdade porque não existe nenhuma necessidade a encadear os acontecimentos. Filósofo, literato, pensador religioso, crítico do hegelianismo, pai do existencialismo, as muitas faces de Kierkegaard fizeram que ele fosse lido com interesse tanto por teólogos como por pensadores agnósticos e ateus, mas fosse igualmente incompreendido. Charles Le Blanc faz aqui uma introdução que abarca os vários aspectos desse pensamento, introdução tanto mais necessária pelo fato de o filósofo dinamarquês ter publicado sob pseudônimo vários livros defendendo pontos de vista que não eram os seus e que só alcançam seu pleno significado no contexto total da obra ("não há nos livros pseudônimos uma palavra que seja minha" - Kierkegaard). Le Blanc trata, inicialmente, dos contextos histórico e filosófico e da formação de Kierkegaard, propondo em seguida um itinerário filosófico através dos estádios da existência (estético, ético e religioso) e um percurso temático onde são tratados os conceitos fundamentais do pensamento kierkegaardiano: a angústia, a ironia, a liberdade, a escolha, a autenticidade, o desespero, a finitude, a História, a comunicação indireta.

Código: L999-9788574480732
Código de barras: 9788574480732
Peso (kg): 0,200
Altura (cm): 21,00
Largura (cm): 14,00
Espessura (cm): 1,20
Autor Charles Le Blanc
Editora Estação Liberdade
Idioma PORTUGUES
Encadernação BROCHURA
Páginas 144
Ano de edição 2003

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Kierkegaard