• Livro Das Emocoes, O

O escritor e diplomata João Almino ampliou sua Trilogia de Brasília, composta pelos romances Idéias para onde passar o fim do mundo, indicado ao Prêmio Jabuti e ganhador de prêmio do Instituto Nacional do Livro e do Prêmio Candango de Literatura, Samba-enredo e As cinco estações do amor, vencedor do prêmio Casa de las Américas em 2003. Para Almino, "Brasília representa o moderno sobre o qual já se pode olhar, como se fosse o passado”. Ali misturam-se o projeto racional e a irracionalidade que prolifera no interior e em torno desse mesmo projeto.

“Acho interessante pensar a idéia de uma identidade múltipla e em aberto, de um local onde as origens podem parecer o que são de fato: mitos ou referências em mutação, de uma cultura que não seja um corpo normativo, uma moral ou uma coleção de pensamentos congelados; de uma cidade que, por não ter ainda um longo passado, recebe os legados de memórias também múltiplas. O vazio não apenas de espaço, mas também de história, no fundo legitimiza a liberdade de imaginação. Tudo isso explica que a trilogia tenha virado um Quarteto de Brasília”, explica Almino.

Com O Livro Das Emoções, a cidade volta a ser enfocada mais do que apenas como o palco das ações deflagradas pelo narrador, um fotógrafo cego, empenhado em editar um diário fotográfico. O livro traz o contraponto dessa cidade atual, violenta, e a cidade na qual os personagens passaram sua juventude, o lugar onde a utopia parecia possível. Segundo Almino, algumas das características de Brasília são estimulantes para a literatura: sua artificialidade, seu caráter universal — por ser fruto de um projeto modernista que transcende as fronteiras nacionais — e seu desenraizamento, sua desfamilizariação e seu estrangeirismo, que, no fundo, tornam mais fácil ao escritor eliminar os estereótipos.

O que se destaca, à primeira vista, além da depuração da linguagem, é a arquitetura do livro, construído como um quebra-cabeças feito de fotografias, nas quais as histórias se entrecruzam, e que fosse montado à medida que a leitura caminha. As várias peças se encaixam de tal forma que as emendas desaparecem para fazer fluir a narrativa com agilidade e naturalidade, prendendo a atenção do leitor do começo ao final. A narrativa vai se construindo como em um puzzle, tentando encaixar suas tensas peças para formar um vazio, sem jamais derrapar para o melodrama. A visão transmitida é de dentro do personagem, portanto subjetiva. Como afirma a crítica especializada, a capacidade de criar biografias é admirável em João Almino. As personagens têm força, vivem suas vidas, movimentam-se dentro de mundos delineados com verossimilhança, convicção e estilo.

Em O Livro Das Emoções João Almino continua fiel ao que o crítico João Cezar de Castro Rocha havia observado em relação a sua obra anterior: “Almino vislumbra na ficcionalidade uma forma especial de pensamento”.

Código: L999-9788501080189
Código de barras: 9788501080189
Peso (kg): 0,300
Altura (cm): 21,00
Largura (cm): 14,00
Espessura (cm): 1,40
Autor JOAO ALMINO
Editora RECORD
Idioma PORTUGUES
Encadernação BROCHURA
Páginas 256
Ano de edição 2008

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Livro Das Emocoes, O

  • R$54,90


Opções de Compra

R$54,90

Vendido e entregue por Leitura - PB/JP - Manaíra Shopping

R$54,90

Vendido e entregue por Leitura - MG/BH - Shopping Barreiro

R$54,90

Vendido e entregue por Leitura - MG/BH - Pátio Savassi